0 comentários / Escreva um comentário

Ninguém escreve ao coronel

Gabriel García Marquez



Frete e prazo:

  • R$16,00

  • Pontos necessários para compra: 16

+ -
Exemplar usado, mas em muito bom estado. Capa e miolo conservados. Lombada e bordas amarelecidas pelo tempo, bem como os cortes gráficos. Miolo com manchas de tempo em algumas páginas, mas limpo. Ex-libris do antigo dono na primeira páginas. Ilustrado por Carybé. Formato: 14x21cm, com abas gráficas. 12a. edição, esgotada. Trad. de Danúbio Rodrigues. Enquanto espera o pagamento de sua aposentadoria pelo correio, um coronel reformado luta para sobreviver em uma cidadezinha hostil. Ao seu lado, apenas a mulher asmática e um galo de briga que pertencia a seu falecido filho. A correspondência sempre chega uma vez por semana, às sextas-feiras, mas a aposentadoria não, perdida nos trâmites burocráticos. “Ninguém escreve ao coronel”, diz com desdém o carteiro. Uma trama simples, mas repleta de ironia e comentários sutis sobre a história e a política de seu país.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom